Quarta-feira, 4 de Setembro de 2013

Hipersensibilidade Peniana

A hipersensibilidade peniana tem sido estudada como uma das principais causas de ejaculação precoce. Nos homens que ejaculam prematuramente, o pénis é mais susceptível a vibrações e consequentemente a estímulos sexuais, levando a que o homem não consiga controlar a ejaculação e ejacule demasiado cedo. Nomeadamente nos homens com excesso de pele na zona do prepúcio (ponta do pénis), a sensibilidade pode estar aumentada, podendo a circuncisão ser uma das opções de tratamento.

 

 

Como tratar a hipersensibilidade do pénis?

 

Um médico urologista será a melhor pessoa para discutir quais as hipóteses de tratamento possíveis. Por a circuncisão poder ser uma opção demasiado drástica, especialmente no homem adulto, devem ser discutidas hipóteses de tratamento alternativas.

 

Gel anestésico local: Para alguns homens a aplicação de um gel anestésico no pénis antes das relações ajuda a reduzir a sensibilidade e permite o controlo da ejaculação. Contudo, este gel pode tornar o pénis demasiado dormente e afectar o estímulo sexual, bem como a sensibilidade da parceira.

 

Preservativos Dura-mais: Alguns preservativos especialmente concebidos para fazer a relação durar mais tempo podem conter anestésicos locais como a benzocaína e a lidocaína. Apesar de o risco de reacções alérgicas existir, a sensibilidade da parceira não é prejudicada por o anestésico estar contido dentro do preservativo.

 

 

Métodos físicos/Cognitivos: A aplicação de pressão estratégica na ponta do pénis ou  a técnica Start/Stop que consiste em parar e recomeçar várias vezes durante a relação, podem ajudar o homem a controlar o reflexo de ejacular. Por outro lado, os preliminares podem ajudar o homem a controlar-se melhor no momento da penetração.

 

Antidepressivos: Alguns inibidores selectivos da recaptação da serotonina, para além de tratarem a depressão, podem ter efeitos benéficos na ejaculação precoce, permitindo uma maior duração da relação. Entre estes tratamentos incluem-se a paroxetina, a sertralina e a fluoxetina. A dapoxetina é também um antidepressivo fraco, especialmente concebido para o tratamento da ejaculação precoce, permitindo um aumento da performance em 300%.

publicado por Tim às 12:04
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 5 Formas de acabar com a ...

. A ejaculação precoce pode...

. Como explicar à sua parce...

. Tempe Spray - Uma nova so...

. Os problemas na próstata ...

. Como é que a baixa libido...

. O Viagra ajuda na Ejacula...

. Ejaculação precoce e circ...

. Exercícios Kegel para a E...

. Infográfico Ejaculação Pr...

.arquivos

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Gordura localizada

. Tema de hoje: virgindade

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds