Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013

Tempe Spray - Uma nova solução para os problemas de ejaculação?

 

Actualmente, o único tratamento para a ejaculação precoce disponível e devidamente aprovado para comercialização é o Priligy, cujo princípio activo é a dapoxetina. Porém, por este ser o único tratamento com resultados comprovados no tratamento desta condição que afecta mais de 30% dos homens, surgiu a necessidade de se desenvolverem mais alternativas que permitam aos homens um melhor controlo durante o processo de ejaculação. Uma destas novas alternativas, desenvolvida pelo Dr. Mike Wyllie, um dos responsáveis pela criação do Viagra, é o Tempe Spray. O Tempe Spray é um spay anestésico que deve ser aplicado directamente no pénis antes da relação sexual, de forma a que seja possível retardar a ejaculação precoce por mais tempo. Os homens com ejaculação precoce ejaculam normalmente em 0,6 minutos, sendo que o Tempe Spray conseguiu melhorar este tempo de ejaculação para 3,8 minutos.

 

O Tempe Spray já está disponível?

 

Não. Apesar de ser um tratamento inovador e que promete resultados muito positivos aos homens que sofrem de ejaculação precoce, o Tempe-Spray ainda não foi aprovado para comercialização. Espera-se que até ao fim de 2013 este tratamento seja aprovado pela Agência Europeia do Medicamento, para que a sua venda ao público seja iniciada em 2014. Por enquanto, o Prilgy é o único medicamento disponível para o tratamento da ejaculação precoce, apesar de alguns médicos recomendarem também o tratamento com antidepressivos como a paroxetina ou a fluoxetina. O Priligy apresenta vantagens relativamente a outros antidepressivos, uma vez que o seu tempo de acção é reduzido, cerca de 3 horas, quando comparado com os efeitos dos outros tratamentos. A probabilidade de efeitos secundários é também reduzida, factor que pode também ser benéfico no Tempe Spray, devido à sua aplicação tópica no pénis.

publicado por Tim às 13:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 19 de Novembro de 2013

Os problemas na próstata podem causar ejaculação precoce?

 

As causas da ejaculação precoce há muito que se relacionam com problemas psicológicos, como por exemplo a ansiedade e o stress, porém existem factores físicos que podem contribuir para esta condição, levando a que o homem atinja o clímax demasiado sendo durante a relação, sendo frequente a ejaculação em menos de 2 minutos após a penetração ou até mesmo antes de esta ocorrer.

 

A prostatite é uma das causas físicas mais comuns da ejaculação precoce. Prostatite é o nome dado à inflamação ou infecção da próstata, levando ao seu aumento. Esta condição pode ser aguda ou crónica e os seus sintomas manifestam-se por dificuldade ao urinar, dor pélvica, aumento da frequência e urgência em urinar. A glândula prostática é fundamental no mecanismo de ejaculação, sendo a prostatite crónica um dos factores que pode desencadear a ejaculação precoce.

 

O que fazer?

 

Se o seu problema de ejaculação precoce é causado pela prostatite, nomeadamente pelo aumento do tamanho da próstata, pode fazer o tratamento com substâncias naturais com propriedades diuréticas e anti-inflamatórias que permitam o alívio dos sintomas. À medida que a prostatite é curada, a ejaculação precoce é igualmente melhorada, sendo o tempo de ejaculação normal recuperado. 

publicado por Tim às 12:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 11 de Novembro de 2013

Como é que a baixa libido pode causar ejaculação precoce?

 

Para além de outros factores, a ejaculação precoce pode ser causada pela baixa libido ou baixo desejo sexual. A baixa libido caracteriza-se por uma redução do desejo sexual, impedindo que o homem tenha vontade e queira fazer sexo. O desejo sexual é regulado por um processo complexo onde intervêm hormonas sexuais, nomeadamente a testosterona, uma hormona sexual masculina. A testosterona é assim responsável pelo desejo do homem pelo sexo. Se o produção desta hormona for baixa e por isso o desejo sexual também for reduzido, é normal que o homem, no caso de ter relações sexuais para satisfazer a sua parceira ou por outras pressões, atinja o clímax demasiado rápido, dando origem à ejaculação precoce.

 

Para tratar a ejaculação precoce neste caso, tem de ser investigada a causa do problema. Se a falta de desejo sexual se deve à redução da produção de testosterona, pode ser necessário recorrer a uma terapia hormonal de substituição para repor os níveis desta hormona no organismo. Se por outro lado, a falta de desejo sexual se relaciona com problemas de auto-estima, motivados por exemplo pela obesidade ou por uma imagem corporal destorcida, o apoio psicológico é a melhor opção para ultrapassar estes problemas pessoais e recuperar o desejo sexual pela sua parceira. Se os seus problemas de ejaculação precoce apenas são causados pela baixa libido, é muito provével que após recuperar o desejo sexual estes desapareçam e o seu tempo de ejaculação volte ao normal. Se por outro lado, os problemas de ejaculação se mantiverem, mesmo que tenha desejo sexual, existem técnicas e tratamentos que pode seguir para usufruir de uma vida sexual satisfatória.

publicado por Tim às 15:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

O Viagra ajuda na Ejaculação Precoce?

 

O Viagra, cujo princípio activo é o sildenafil, foi incialmente desenvolvido para o tratamento da hipertensão pulmonar, contudo, os seus efeitos benéficos ao nível do processo de erecção, canalizaram este medicamento para o tratamento da disfunção eréctil, tendo sido o primeiro medicamento oral especialmente fabricado para o tratamento dos problemas de erecção. O Viagra tornou-se assim popular, ajudando milhões de homens em todo o mundo a recuperar a sua vida sexual e a relação com as suas parceiras. Após o lançamento do Viagra, seguiram-se outros tratamentos que visam igualmente o tratamento da disfunção eréctil, com efeitos semelhantes, tendo algumas diferenças ao nível do seu princípio activo, tempo de acção e duração do efeito.

 

Qual o papel do Viagra na ejaculação precoce?

 

Apesar de o Viagra se destinar ao tratamento da disfunção eréctil, o seu papel ao nível da ejaculação precoce permanece uma questão para muitos homens, principalmente para aqueles que sofrem de ambos os problemas sexuais simultaneamente. Como o Priligy, usado no tratamento da ejaculação precoce, não pode ser tomado em conjunto com o Viagra e deve ser esperada uma semana entre a toma de ambos os comprimidos, uma grande parte dos homens teme que os seus problemas de ejaculação precoce venham a afectar a sua relação, apesar de a disfunção eréctil já não ser um motivo, após a toma do Viagra.

 

Estudos desenvolvidos para avaliar o papel do Viagra, relataram uma melhoria do tempo de latência intravaginal (TLIV), ou seja, no tempo entre a penetração vaginal e a ejaculação, com a toma do Viagra. Apesar de os seus efeitos não serem tão benéficos como os do Priligy, que permite uma melhoria do tempo de ejaculação até 300%, está comprovado que o Viagra ajuda a melhorar a ejaculação precoce, principalmente quando se trata de um grau ligeiro a moderado desta condição.

publicado por Tim às 11:28
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 5 Formas de acabar com a ...

. A ejaculação precoce pode...

. Como explicar à sua parce...

. Tempe Spray - Uma nova so...

. Os problemas na próstata ...

. Como é que a baixa libido...

. O Viagra ajuda na Ejacula...

. Ejaculação precoce e circ...

. Exercícios Kegel para a E...

. Infográfico Ejaculação Pr...

.arquivos

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Gordura localizada

. Tema de hoje: virgindade

blogs SAPO

.subscrever feeds